Mercado impede avanços contra mudanças climáticas, diz sociólogo

“A racionalidade moderna é contra o ambiente”, afirma Leff em entrevista à Folha.

O foco exclusivo na sustentabilidade da economia, em vez de se olhar para a sustentabilidade do planeta, fez piorar a crise ambiental desde a Rio-92, segundo o sociólogo mexicano Enrique Leff, 71, um dos maiores teóricos ambientais em atividade.

Leia mais…

SAO PAULO, SP, BRASIL, 01-06-2017: O sociólogo mexicano Enrique Leff, durante o seminário “Diálogos sobre os desafios socioambientais conteporâneos˜, no Sesc Vila Mariana. (Foto: Bruno Santos/ Folhapress) *** FSP-COTIDIANO *** EXCLUSIVO FOLHA***

Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário

Sociedade Brasileira de Geologia homenageia Luiz Fernando Scheibe

Professor Emérito da UFSC, Luiz Fernando Scheibe recebeu no último dia 4 de junho, durante o X Simpósio Sul-Brasileiro de Geologia, uma homenagem da Sociedade Brasileira de Geologia – Núcleo do Paraná. Segundo os organizadores do evento, trata-se de um reconhecimento à significativa contribuição à pesquisa, ao seu conhecimento nacional e internacional e a sua atuação no desenvolvimento de recursos humanos para a Geologia e as Geociências no Brasil.

Leia mais…

Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário

A importância da entrada em vigor do Acordo do Sistema Aquífero Guarani

Em 2 de maio de 2017, o Senado brasileiro aprovou o Acordo Guarani, abrindo a porta à sua ratificação formal. Este é um fato notável, considerando que o Acordo foi assinado em 2010 pelo Brasil, Argentina, Uruguai e Paraguai e somente Argentina e Uruguai ratificaram o Acordo em 2012. Estamos, portanto, próximos da possível entrada em vigor do Acordo, quase sete anos após a sua adoção, desde que os dois países restantes finalizem o processo de ratificação. Nesse contexto, o  Strathclyde Centre for Environmental Law and Governance (SCELG), colaborando com o Centro de Pesquisas de Águas Subterrâneas (CEPAS|USP) da Universidade de São Paulo e com o Centro Regional para la Gestión de las Aguas Subterráneas (CEREGAS) desenvolveram um estudo destinado a ressaltar o valor do Acordo Guarani para a gestão do aquífero e para a região. O estudo está disponível em espanhol e português.

Quais serão os ganhos, com a entrada em vigor do Acordo Guarani para os quatro países:

1) Atrairá mais investimentos e financiamentos aos quarto países, permitindo o retorno de projetos que trarão mais conhecimento técnico e científico do aquífero, através de programas ambientais e de cooperação internacional.

2) Não representa uma restrição indevida à soberania nacional de seus países, mas a promoção do intercâmbio das melhores práticas de gestão das águas subterrâneas, através da institucionalização do próprio Acordo e de reuniões regulares, quando os países apresentarão suas comunicações de forma voluntária.

3) Levará seus países à vanguarda da cooperação sobre águas internacionais, considerando-se o número ainda baixo de acordos vigentes entre países sobre aquíferos transfronteiriços.

4)  Contribuirá para o cumprimento de importantes metas, indicadores e requerimentos processuais de tratados internacionais que os quarto países já assinaram, tais como as do Desenvolvimento Sustentável e do Acordo de Paris sobre as Mudanças Climáticas Global.

Texto: Prof. Dr. Ricardo Hirata (Vice-Diretor do CEPAS|USP – Centro de Pesquisas de Água Subterrâneas)

Publicado em Notícias | Deixe um comentário

Senado aprova acordo sobre o Sistema Aquífero Guarani

(Senado Federal, 02/05/2017)

“Foi aprovado em Plenário nesta terça-feira (2) o Projeto de Decreto Legislativo (PDS) 24/2017, que confirma o Acordo sobre o Sistema Aquífero Guarani (SAG), assinado em San Juan, Argentina, em 2 de agosto de 2010. […]. O documento institui um conjunto de normas para o desenvolvimento de ações de conservação e aproveitamento sustentável dos recursos hídricos do SAG, respeitando o domínio territorial de cada parte sobre as porções do aquífero”.

Leia mais clicando aqui.

Publicado em Notícias | Deixe um comentário

CEPAL divulga estudo sobre água, energia e alimentação na América Latina.

A CEPAL (Comissión Económica para América Latina y Caribe) divulgou no início de abril deste ano a publicação e acesso gratuito ao estudo:

“El Nexo entre el agua, la energía y la alimentación en América Latina y el Caribe: planificación, marco normativo e identificación de interconexiones prioritarias”, por Antonio Embid e Liber Martín.

(The Water, Energy and Food Nexus in Latin America and the Caribbean: Planning, Legal Framework and Priority Interconnections)

(LC/TS.2017/16, marzo de 2017, Serie Recursos Naturales e Infraestructura No. 179)

Para acessar o estudo na íntegra, clique aqui.

Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário

Fertilização da Terra pela Terra/ Earth Fertilizing Itself

(Brasília, Brasil – 08/02/2017)

Este vídeo apresenta a trajetória da tecnologia da Rochagem no Brasil.

“Você pega uma rocha boa, rica em nutrientes, e coloca em um solo que já perdeu os seus nutrientes. Isso é rejuvenescer!”, diz Suzi Huff Theodoro, pesquisadora da Universidade de Brasília. “As rochas têm esse potencial de oferecer uma quantidade de nutrientes e micronutrientes que não são considerados na agricultura convencional. E por que isso é importante? Porque nós somos aquilo o que comemos.”, reforça a pesquisadora.

“Nós somos protagonistas na pesquisa e na regulamentação do uso do pó de rocha.”, afirma Suzi.

Veja o vídeo completo e descubra mais sobre a rochagem no Brasil.

Vídeo | Publicado em por | Deixe um comentário

Standing Rock: La mayor movilización indígena en más de un siglo

(America Latina en movimiento, 28/11/2016)

“Desde la primavera de 2016, se han congregado en Standing Rock (en el estado de Dakota del Norte, EEUU) miles de personas, muchas de ellas de diversas naciones indígenas, para protestar por la construcción del oleoducto que destruiría sitios sagrados y contaminaría el agua. Se autodenominan “protectores del agua”.

aguaesvida-indigenous_rising_media

Leia mais clicando aqui.

Publicado em Notícias | Deixe um comentário