Chapecó recebe Seminário Internacional de Sustentabilidade

O segundo Seminário Internacional de Sustentabilidade apresentou a importância da reciclagem para o cuidado ao meio ambiente. Foram dois dias de evento, abordando temas como os rejeitos, e como eles são tratados. Uma visita técnica na associação Verde Vida mostrou como esses rejeitos podem ser reaproveitados. A associação Verde Vida encaminhou cerca de 30 toneladas de para aterro sanitário, 110 toneladas para compostagem e 300 toneladas para serem utilizadas como matéria prima.

janete

Professora Janete Facco

A professora Janete Facco, pesquisadora na Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), quem desenvolveu uma tese de doutorado com a finalidade de saber o uso e qualidade das águas subterrâneas de Chapecó, destacou como o bom cuidado dos rejeitos pode afetas as águas subterrâneas, como evidencia falou o seguinte “O que nos constatamos foi que 56 % dos poços do Aquífero Serra Geral que atualmente é o mais explotado aqui, eles estão com coliformes e todos os poços estão com nitratos”. Da pratica a teoria, todo pelo meio ambiente.

Reportagem completa: Link

Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário

Últimos 50 anos foram os mais devastadores para o meio ambiente, diz pesquisador

“Não houve, na história da humanidade, 50 anos tão devastadores quanto os últimos 50 anos.” Foi assim que o Prof. Dr. Carlos Walter Porto-Gonçalves, pesquisador  da Universidade Federal Fluminense (UFF), iniciou a programação do Seminário Meio Ambiente e Sociedade 2019, evento que reúne vários pesquisadores brasileiros para debater avaliações e perspectivas sobre a sustentabilidade no século 21.

imagem blog

Professores Carlos Walter Porto-Gonçalves e Dr. Luiz Fernando Scheibe no Seminário Meio Ambiente e Sociedade 2019. Fonte: Agência ALESC.

O Seminário foi realizado no Plenarinho da Assembleia Legislativa pela Comissão de Turismo e Meio Ambiente e Escola do Legislativo Deputado Lício Mauro da Silveira esta quarta – feira, Dia Mundial do Meio Ambiente (05/06/2019).

 

 

 

 

Leia mais: Link 

 

 

Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário

Milhares de pessoas se reúnem em Papanduva (SC) para debater os riscos da extração de xisto

Mais de 1.100 pessoas de 8 municípios catarinenses acompanharam no dia 18/03 o seminário “Riscos da Extração do Óleo e Gás de Xisto” na cidade de Papanduva (SC). O objetivo do evento foi aprofundar o conhecimento da população acerca dos problemas que podem ser causados caso empresas de exploração de xisto se instalem na região. O encontro foi uma iniciativa organizada pela Coalizão Não Fracking Brasil pelo Clima, Água e Vida (COESUS), 350.org Brasil, Instituto Internacional Arayara e  Associação de Proteção da Bacia do Rio São João e da Bacia do Rio Papanduva (PRORIOS).

Durante uma palestra muito dinâmica e expressiva realizada pelo coordenador e fundador da COESUS, Juliano Bueno Araújo, os presentes puderam ter contato com os principais impactos socioambientais causados pelos métodos de extração de óleo e gás de xisto, entre eles o Petrosix; o Fracking; o Coalbed Methane (CBM) e o Tar Sands. Dentre os apresentados estão problemas de saúde, contaminações às pessoas, água e meio ambiente, além de questões econômicas e de desapropriação de terrenos.

palestra

Geólogo Luiz Fernando Scheibe  palestrando sobre os aspectos técnicos e geológicos da região. Fonte: 350.org

O geólogo e professor emérito da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Luiz Fernando Scheibe, também ministrou uma palestra apresentando aspectos técnicos e geológicos da região. “Estou arrepiado de ver tantas pessoas juntas neste salão por causa de uma ideia, a vontade de aprender mais e de termos a garantia de uma boa qualidade de vida – sem depender da nossa capacidade de consumo – mas pensando na nossa saúde e na nossa sociabilidade”, comentou Scheibe.

Após as explanações, as autoridades presentes comentaram suas considerações a respeito da possibilidade de extração na região. “Esse sistema mata, essa economia mata. Por isso, não se deixem iludir. A natureza que é agredida, nosso ar, a água não tem volta”, apontou o Bispo da Diocese de Caçador, Dom Severino Clasen. Já a Promotora de Justiça da Comarca de Papanduva, Bianca Andrighetti Coelho comentou que “acima de tudo, o Ministério Público de Santa Catarina, em especial a Promotoria de Justiça de Papanduva, virá buscar que se faça justiça e que o meio ambiente seja preservado”.

Leia mais aqui.

Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário

Seminário sobre os riscos da extração de xisto será realizado em Papanduva (SC)

Na próxima segunda-feira (18) será realizado o seminário “Problemas causados pela extração do óleo e do gás de xisto”, às 19 horas, no Salão Paroquial da Paróquia São Sebastião, em Papanduva (SC). O objetivo é conscientizar a população da região acerca dos riscos destes métodos de extração. O evento é uma realização da Coalizão Não Fracking Brasil pelo Clima, Água e Vida (COESUS), da 350.org Brasil, do Instituto Internacional Arayara e da Associação de Proteção da Bacia do Rio São João e da Bacia do Rio Papanduva (PRORIOS).

A presidente da PRORIOS, Maria Lucia Wawrzyniak, acredita que o evento é uma grande oportunidade para os moradores, sendo um grande alerta para toda a região. “Dessa forma será possível entender todas as questões econômicas, sociais e ambientais que envolvem a exploração do xisto e, à partir disso, os indivíduos poderão se posicionar de forma mais fundamentada – com todo o embasamento técnico necessário”, explica.

Leia mais aqui

Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário

Lançamento do livro ‘Águas Subterrâneas: um patrimônio catarinense”.

O lançamento do livro ‘Águas subterrâneas: um patrimônio catarinense’ ocorreu na tarde do dia 11 de dezembro de 2018, no auditório da Fapesc, em Florianópolis. A obra foi apresentada durante o seminário no qual os pesquisadores do projeto Rede Guarani/Serra Geral apresentaram os resultados e perspectivas do mesmo (leia mais aqui). O livro conta com 160 páginas e foi produzido pela Rede Guarani em conjunto com a agência Mafalda Press e a jornalista Imara Stallbaum, com recursos advindos da SDS (Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico Sustentável).

Para o professor Luiz Fernando Scheibe, “Essa publicação garantiu a união entre o projeto jornalístico e o projeto científico, que certamente está muito mais compreensível a diversos públicos do que apenas a publicação de resultados acadêmicos”.

O livro Águas subterrâneas: um patrimônio catarinense está disponível gratuitamente em e-book neste link: http://expressao.com.br/…/aguas_subterra…/mobile/index.html….

Seminario-Rede-Guarani-Serra-Geral

Clique aqui para ver mais fotos do evento.

Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário

Expedição que percorre o rio Uruguai chega à região Oeste de Santa Catarina

Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário

Pesquisadores fazem expedição de estudos pelo Rio Uruguai

https://globoplay.globo.com/v/6925903/

Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário